Qual a diferença entre Chaira estriada, de Cerâmica e Diamantada?

A diferença entre chaira estriada de cerâmica e diamantada

Cozinhar é um momento agradável, onde as transformações se iniciam e fazem ingredientes antes separados tornarem-se pratos apetitosos. Para que essa alquimia ocorra, o cozinheiro acaba utilizando diversos utensílios úteis. Talvez os mais úteis pertençam à cutelaria.

No entanto, é importante que nesse processo os utensílios estejam em sua perfeita ordem. Facas com o fio desalinhado podem não apenas produzir cortes imperfeitos, mas fazer com que o cozinheiro perca o controle sobre ela, tornando-se um risco para sua segurança.

Para evitar isso é necessário realizar periodicamente a manutenção da cutelaria, e nada melhor para isso do que o uso da chaira, um equipamento extremamente útil à qualquer cozinheiro que pretenda preservar tanto o fio da faca, quanto a durabilidade dela.

Há diferentes chairas e que podem ajudar o cozinheiro de diversas formas. Nesse artigo, vamos analisar os três tipos de chaira, a estriada, a de cerâmica e a diamantada e ajudar na escolha por uma (ou mais) delas.

Para que serve a chaira?

Eventualmente a cutelaria perde sua afiação, tornando seu fio rombudo – a famosa faca cega. Isso acontece da mesma forma que a ponta de um lápis apontado após escrever um pouco. O desgaste do material por cortar alimentos duros, choques com a tábua ou porcelanas, ou mesmo outros imprevistos.

Pode parecer paradoxal, mas facas afiadas representam segurança ao cozinheiro, pois fios desalinhados podem facilmente fazer o corte sair do controle e causar acidentes.

O desgaste do fio é microscópico, mas apesar de não poder ser visto à olho nu, é facilmente sentido. A faca começa produzindo cortes imperfeitos e em casos extremos os alimentos ficam “mastigados” pela lâmina sem fio, com a impressão que o corte acontece por esmagamento de um utensílio rombudo.

Afiar a faca é uma solução, mas isso acaba consumindo o utensílio, tornando a lâmina cada vez menor até que o cozinheiro tenha que comprar outra faca… e convenhamos que algumas delas representam um bom investimento e não são artigos de descarte.

Nisso surge a chaira, que consegue realinhar o fio quando se passa a borda da lâmina corretamente em sua haste. A chaira não amola a faca, mas assenta o fio, o que faz o utensílio ter uma vida útil maior, aumentando o intervalo entre uma amolação e outra.

Os três tipos de chaira

Há, basicamente, três tipos de chaira: as estriadas (stainless steel), as de cerâmica e as diamantada. Cada uma possui características próprias que necessitam ser levadas em consideração.

Apesar de existir opções entre o metal das chairas estriadas, não existe uma diferença muito grande entre eles, principalmente quando tratamos de marcas confiáveis. Já entre os materiais (metal, cerâmica e diamantado) as diferenças de uso são perceptíveis.

Basicamente a diferença entre os três tipos mais encontrados no mercado é sua interação com o aço da cutelaria, desgastando a lâmina em menor ou maior intensidade, o que torna também o assentamento do fio mais ou menos trabalhoso.

Chaira estriada (steinless steel)

O mais clássico tipo de chaira é o que mais vemos nos churrascos ou em kits de cutelarias.

É um modelo muito versátil e também é um dos mais acessíveis em termos de investimento, pois geralmente tem preço inferior aos outros modelos, além de ser incrivelmente durável.

Por ter um corpo em metal, normalmente é imantado. Isso significa que qualquer limalha de aço que se desprenda do corpo da faca é retida na própria chaira, facilitando o trabalho de limpeza da lâmina e evitando que esses fragmentos acabem indo para os alimentos.

Há muitas marcas de chairas em aço estriado, uma das melhores é a da Wüsthof.

Chaira de cerâmica

A cerâmica é feita de zircônio, um mineral extremamente resistente. É mais forte e mais leve do que o aço. Os modelos de cerâmica tendem a ter um preço um pouco acima da chaira estriada, mas nada gritante.

Podem ser usados tanto para chairar facas em aço ou cerâmica. Possuem um efeito mais forte no desbaste, o que pode até mesmo corrigir pequenas imperfeições no fio, concedendo uma leve afiada na lâmina, mas ainda com um toque suave sem causar nenhum efeito drástico na faca, sem implicar em diminuir a vida útil do utensílio.

Sua real desvantagem, no entanto, é a fragilidade contra quedas ou batidas bruscas, pois sua chaira pode quebrar – assim como qualquer outro utensílio feito em cerâmica.

Caso queira experimentar esse modelo, recomendamos a chaira de cerâmica da Wüsthof, com poder de afiação maior do que o do aço.

 

Chaira diamantada

Talvez a mais controversa chaira, essa possui uma camada diamantada na superfície de um corpo de metal. Isso lhe garante alta dureza e com o maior poder de desbaste. Assim, pode fazer uma verdadeira afiação leve na faca, tirando imperfeições da lâmina.

Pelo seu alto poder de abrasão, não é indicada para uso diário, pois pode diminuir a vida útil das facas. No entanto, pode se tornar um grande aliado do cozinheiro doméstico, pois é o mais prático dos três, desbastando o fio em poucas passadas, tornando-se em um utensílio muito útil. O que é bom para quem não quer mandar afiar suas facas ou gosta de fazer a afiação ele mesmo.

Se quiser tentar usar uma dessas, recomendamos a chaira diamantada da Wüsthof.

Como usar a chaira?

Independente do tipo, seu uso é praticamente o mesmo. Corra a borda afiada da faca pela chaira três vezes de cada lado e teste o fio. Idealmente a faca deve cortar a carne em apenas dois movimentos, um de ida e outro de volta. Outra maneira de testar é utilizando um pimentão, pois a faca deve cortar o pimentão apenas deslizando sobre ele, sem colocar qualquer peso.

Um dos métodos mais seguros de usar a chaira é apoiá-la com a ponta em uma mesa, segurando-a para baixo. Então, ao encostar a faca na chaira, inclina-se levemente para encontrar o ângulo do fio da faca (com algumas tentativas o cozinheiro consegue “sentir” essa angulação) e então desliza a faca como se quisesse cortar a chaira, sempre em movimentos leves e suaves.

Dúvidas sobre facas? Leia o nosso artigo que retrata qual melhor face Chef para te ajudar na cozinha. Conheça a anatomia da faca, os cuidados e muito mais.

4 Comentários

Rogério Kezerle

Boa tarde.

Tenho a chaira diamantada da Zwilling e uma de aço Tramontina.
Se usar a diamantada passando a faca sem fazer pressão e uma só vez de cada lado desgastarei mais a faca do que na de aço ? Na de aço acabamos passando mais vezes e com mais pressão..

6 de novembro de 2017 at 13:25

Lazer Shop

Rogério, bom dia.
Sim, a chaira diamantada desbasta muito mais que uma chaira comum.
À disposição.

11 de junho de 2019 at 10:24

Cesar

Bom dia!
A chaira diamantada serve para afiar facas de porcelana?

23 de abril de 2020 at 23:14

Lazer Shop

Bom dia Cesar.
Chaira diamantada consegue desbastar, mas não é suficiente para refinar o fio para que corte com eficiência.
Equipe Lazer Shop

17 de junho de 2020 at 10:23

Responder